Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Literatura’ Category

Meninas(os),

Sei que andei ausente (depois explico porque), mas estou retomando as atividades aos poucos e para o retorno do blog trago o convite do Parada Lésbica para as meninas de SP e as de outras cidades que estiverem animadas a comparecer, informações tiradas daqui.

Eu estarei lá, espero por vocês!

Leskontro Cultural – Ilha de Lesbos

O portal Parada Lésbica e a Rede Leskut  estão completando 3 anos e para comemorar essa data nos unimos com a Editora Brejeira Malagueta  para realizar um super encontro com nossas queridas participantes e leitoras.

A idéia é tornar esse projeto semestral e realizá-lo em várias cidades do país.

Dia 05 de Novembro – Sábado – 14h
Local: Museu de Língua Portuguesa
Ao Lado da Estação Luz

ENTRADA FRANCA!

Confirme sua presença no Facebook clicando aqui.

Cronograma:

14h – Abertura com Del Torres e Palestra com Helena Paix com o tema: Matrimônio Lésbico – A Dinâmica do Casal.
14:50h – Palestra com Laura Bacellar e Hanna Korich com o tema: A Importância da Literatura Lésbica.
15:30h – Apresentação da dupla The Fingers, conheça mais do trabalhos dela clicando aqui.

Haverá venda de livros para lésbicas e ao final do leskontro migraremos para um bar lgbt para continuar afesta.

Venha comemorar conosco! Participe!

SERVIÇO:
Museu de Lingua Portuguesa – Estação Luz

Praça da Luz, s/nº
Centro – São Paulo – SP
(11) 3326-0775
http://museulp.org.br

ORGANIZAÇÃO:
http://editoramalagueta.com.br/
http://leskut.com.br
http://paradalesbica.com.br

Referência: Ao lado da estação da luz. Será em um salão dentro do museu, é um portão ao lado da entrada principal. Haverão cartazes indicando.

Anúncios

Read Full Post »

Eu sou uma lésbica, de Cassandra Rios

No último dia 19, fui no sarau Brejeiras no Café, da Editora Brejeiras Malagueta. Cheguei um pouco tarde, mas deu para aproveitar bem, até sai de lá com o livro Eu Sou Uma Lésbica, da Cassandra Rios.
O livro é bem interessante, ele foi publicado em partes no ano de 1980 (eu estava nascendo) e me chamou atenção como as coisas mudaram, pois independente de ser um livro com temática homossexual, ele trata de um assunto bem polêmico hoje em dia, de uma forma natural: a pedofília.
Se hoje em dia fosse publicado em partes, em qualquer revista (mesmo que exclusivamente para o público GLBT), seria um escândalo, todos os representantes das igrejas estariam queimando um exemplar no dia seguinte.
Não quero fazer um spoiler sobre o livro, mas para contextualizar a conversa lá vai: SPOILER, SE NÃO QUISER SABER PARE POR AQUI! (mais…)

Read Full Post »

Vi esse vídeo no blog No Guetto e fiquei emocionada, ele representa exatamente o que falei no post Literatura infantil.

Não tem nem o que eu comentar, assistam e tirem as suas conclusões.

O vídeo tem legenda, escolha o idioma ao lado do play.

Read Full Post »

Quando criança eu era um pouco “geniosa”… ok, eu confesso, era um pouco mimada e meus pais tentavam satisfazer todas as vontades da caçula, tão pequenina, tão bicuda, mas por outro lado era muito prestativa, educada e comportada, por isso realmente eu merecia todos os esforços dispensados para me agradar.

Em um determinado período da minha infância (acho que devia ter uns 4/5 anos) comecei a sentir falta de ter a minha pessoa retratada nos meus brinquedos, principalmente nas bonecas… não entendia porquê entre tantos tipos de boneca não havia nenhuma que se parecesse comigo, não existiam bonecas negras (só as de pano, chamadas nêga maluca e eu não era uma nêga maluca). Comecei a desenvolver um típico comportamento de criança mimada, queria uma boneca negra que se parecesse comigo, do mesmo jeito que todas as minhas amigas tinham bonecas que se pareciam com elas: loiras, morenas, cabelo liso ou enrolado.

(mais…)

Read Full Post »