Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Maternidade Lésbica’

Vídeo da campanha em homenagem aos Dia das Mães do Hospital Israelita Albert Einsten.

Que mais empresas tenham a iniciativa de reconhecer nossas famílias, fico muito feliz quando um trabalho sério reafirma a realidade: somos uma família como qualquer outra.

Obrigada Caroline Naumann, responsável pela presença do hospital na redes sociais, por auxiliar na realização deste projeto.

Menin@s, mais histórias da campanha podem ser assistidas no link do Especial Dia das Mães, famílias lindas e cada uma delas com suas particularidades e muito amor!

Anúncios

Read Full Post »

Mês retrasado participei do Leskontro Cultural Ilha de Lesbos, que aconteceu no dia 24/03 no Espaço Café do Museu da Língua Portuguesa, o evento é organizado pelo Parada Lésbica com apoio da Editora Malagueta.

Dia 19/05 tem Leskontro no Rio de Janeiro e o ML estará lá novamente, mais informações aqui.

Espero todas as cariocas que acompanham o blog lá!

Read Full Post »

E alguém dúvida disto?

Dois pais são melhores que nenhum. Duas mães são melhores que nenhuma.

Read Full Post »

fonte: Rotorhead, Sxc.hu

Outro dia a Patricia colocou uma questão na minha cabeça, porque mesmo sendo homossexual, sempre nos referimos aos nossos filhos como se eles fossem futuros héteros?
Nunca tinha prestado atenção nisto, mas aí fui relembrando e prestando atenção nas situações, nas minhas ações e vi que mais uma vez estava cometendo o mesmo erro.

Há algum tempo atrás (não faz muito tempo), tinha certeza que não queria um filho negro, não por ser racista (sim, existem negros racistas), mas porque alegava não querer vê-lo sofrer todo tipo de preconceito que sofri na infância e ainda sofro de vez enquando agora na fase adulta, achava que tendo um bebê miscigenado ele sofreria menos preconceito, já que aqui no Brasil qualquer “moreninho” já se considera branco; e ainda pesava o fato de que ele seria filho de lésbicas, aí que meu coração ficava mais apertado ainda: negro e filho de lésbicas, seria o pária da escola. (mais…)

Read Full Post »

As meninas do blog Duas Mães participaram de um documentário sobre famílias homoparentais, acho que hoje, neste clima de esperança que a votação do STJ potencializou, nada melhor do que ver famílias reais, lutando pelo direito de ser feliz.

Quem quiser saber mais sobre o projeto: Família no Papel

Read Full Post »

Nesta última sexta-feira, dia 29/4, fui ao evento Natura Mamãe e Bebê com a Rede Mulher e Mãe, foram convidadas 20 blogueiras da #blogosferamaterna e eu me senti MUITO honrada de ter sido uma delas.

A Rede Mulher e Mãe é um local para as mulheres conversarem assuntos ligados a realidade da maternidade e da vida cotidiana com outras mulheres que também são mães, um lugar onde elas encontram apoio para todos os assuntos, até aqueles que a gente não se sente à vontade para falar com qualquer um.

Já os produtos Mamãe e Bebê da Natura todo mundo conhece e aposto que um dia já presenteou alguma mamãe, usou ou até mesmo sentiu o perfume gostoso de bebê da colônia, mas o que eu não conhecia era a filosofia da empresa e como realmente eles se importam com o vínculo entre a mãe e o bebê (funcionárias, clientes e com o mundo em geral). Me apaixonei pela Natura e também descobri coisas que me fizeram repensar a minha realidade.

Que fique claro: esse não é um post patrocinado, é apenas um post sincero.
(mais…)

Read Full Post »

DVD Homo Baby Boom

Hoje assisti um curta/documentário que mostra as famílias homoparentais e a conquista dos direitos das lésbicas e gays na Espanha, não tem legenda em português, mas vale a pena assistir, mesmo não entendendo espanhol.

O documentário foi feito em parceria com a FLG (Associação de Famílias LGBT) e tem um site oficial que vocês podem acessar clicando aqui.

Achei muito interessante o modo como as famílias contam o quanto foi importante ter contato com outros casais homossexuais com filhos, pois se sentiam únicos/sozinhos e quando descobriram que haviam mais famílias homoparentais eles ganharam força e as crianças puderam aprender e compartilhar experiências, auxiliando em problemas na escola ou com amigos.

É legal saber que aqui no Brasil esta situação também está progredindo e que temos até mesmo um grupo de pais e mães homossexuais, o Pequena Sementeira. A ideia do FLG é criar “filiais” em toda a Espanha, para que todas as famílias possam participar e se sentirem reconhecidas e acolhidas. Uma das mães fala que para ela os encontros são como uma terapia, e é justamente isso que sinto nos encontros do Pequena Sementeira. (mais…)

Read Full Post »

Older Posts »