Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘maternidade’

Nesta última sexta-feira, dia 29/4, fui ao evento Natura Mamãe e Bebê com a Rede Mulher e Mãe, foram convidadas 20 blogueiras da #blogosferamaterna e eu me senti MUITO honrada de ter sido uma delas.

A Rede Mulher e Mãe é um local para as mulheres conversarem assuntos ligados a realidade da maternidade e da vida cotidiana com outras mulheres que também são mães, um lugar onde elas encontram apoio para todos os assuntos, até aqueles que a gente não se sente à vontade para falar com qualquer um.

Já os produtos Mamãe e Bebê da Natura todo mundo conhece e aposto que um dia já presenteou alguma mamãe, usou ou até mesmo sentiu o perfume gostoso de bebê da colônia, mas o que eu não conhecia era a filosofia da empresa e como realmente eles se importam com o vínculo entre a mãe e o bebê (funcionárias, clientes e com o mundo em geral). Me apaixonei pela Natura e também descobri coisas que me fizeram repensar a minha realidade.

Que fique claro: esse não é um post patrocinado, é apenas um post sincero.
(mais…)

Anúncios

Read Full Post »

Pensei bastante sobre o que eu faço para contribuir por uma infância sem racismo e primeiro me veio na cabeça: nada!
Nada efetivo, tudo bem que o fato de ser negra já contribui para fazer alguma coisa, nem que seja me expor para que as pessoas continuem se acostumando ou refletindo sobre algumas situações que passei ou passo. Sou bem pessimista em relação a isso, acho praticamente impossível uma criança ter uma infância sem racismo e por isso fico sofrendo antecipadamente por meus (futuros) filhos.
Depois percebi que tenho feito alguma coisa sim.

Read Full Post »

A Ceila, do blog Desabafo de Mãe, me convidou para participar da blogagem coletiva Infância sem racismo, que teve inspiração na campanha da Unicef , Por uma Infância sem Racismo.

Claro que aceitei, não só por ser negra e por ter sofrido muito preconceito na escola enquanto eu era criança, mas porquê como ela mesma disse no post dela “Ninguém quer ser preconceituoso, é feio. Mas ninguém também quer discutir isso. Então, eu pergunto: como vamos ensinar a diferença para nossos filhos diante deste paradigma?” (post completo aqui).

Esse post é para convidar as mães e pais LGBT a participarem dessa campanha, pois o racismo ainda não foi exterminado e em uma sociedade que não se aceita alguém de cor diferente, dificilmente serão aceitos os de orientação sexual diferente. (mais…)

Read Full Post »

ThinkGeek – The Baby Owner’s Manual

Essa semana um colega de trabalho indicou o link do site ThinkGeek, todo mundo que já leu os posts iniciais do blog sabe que eu sou bem ligada com coisas tecnológicas e sempre procuro itens que poderei usar na gravidez, uma forma de deixar a experiência mais rica (isso se for possível, afinal já é algo magnífico). Uma certa vez vi um monitor cardíaco portátil e fiquei louca p/ comprar, você colocava o cinto na barriga e podia ficar acompanhando os batimentos do seu bebê, a Patrícia disse que nunca permitiria, pois achava que eu ficaria neurótica, querendo escutar toda hora e se o aparelho ficasse com algum defeito era bem capaz de eu ter um ataque do coração, achando que tinha acontecido algo com o bebê.

Quem sabe até lá consigo a permissão de adquirí-lo…
(mais…)

Read Full Post »

Campus Party 2011 (#cpbr4)

No sábado, dia 22, fui convidada pela Sam (@samegui e @maecomfilhos) para participar de uma Desconferência de Mães na Campus Party 2011. O tema foi Baby Brother.

Além de aproveitar a ocasião para materializar várias @s, o tema está mais do que discutido na mídia, para contextualizar um pouco vou colocar o link de uma matéria da Folha de São Paulo que condenou mães que expunham a vida dos seus filhos na internet e gerou um manifesto de várias mães, com direito a retratação da Ombudsman da FSP.

Discutimos justamente isso: Blog materno é Baby Brother? (Mãe com Filhos) e até que ponto expor seus filhos na internet, será que no futuro ele não ficará envergonhado com todos os detalhes e imagens que a mãe publicou? (mais…)

Read Full Post »

fonte: sxc.hu

Desde que começamos a pensar efetivamente em ter filhos, a primeira coisa que comecei a fazer foi emagrecer e fazer exercícios. Confesso que não gosto muito de me exercitar e acho que isso é uma herança de criação, as meninas da família não eram estimuladas a fazer exercícios, em uma criação mais tradicional os dotes culinários são mais valorizados.

Então sempre que começo a praticar exercícios a tendência é que eu desista aos poucos, principalmente quando já acho que o corpo está mais resistente e adequado aos meus objetivos, nesse último ano além da academia tentei yoga e corrida.

O único esporte que sobreviveu foi a corrida, mesmo assim ando bem relaxada com os treinos e as vezes só pratico nas competições mesmo.

Aí bate aquele medo de criar uma criança sem apetite para esportes, eu fugia da educação física todo ano e minha mãe sempre me apoiava levando ao médico para conseguir um atestado e eu ficava como expectadora dos jogos de vôlei, basquete e futebol. Claro que algumas escolas tem aulas de educação física completamente desestimulantes, mas normalmente as crianças se contentam com qualquer corre-corre. (mais…)

Read Full Post »

Duas mães, duas filhas

Olá Menin@s!

Começo 2011 com uma música na cabeça: ” Oque é, o que é?”, de Gonzaguinha, um trecho dela especialmente.

“…

Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz…

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita…”

(mais…)

Read Full Post »

Older Posts »